ago 31


Fonte: GloboMinas

No dia do consumidor consciente, um desafio: já pensou em fazer as compras de supermercado sem usar as sacolinhas plásticas?

Dá até pra escolher. Podemos usar sacolas ecológicas, aquelas antigas de feira ou caixas de papelão. Mas o importante mesmo é se conscientizar sobre a importância da preservação do meio ambiente.

Cinquenta mil sacolas plásticas por semana, gastas só em um supermercado. A empresa chegou a trocar as sacolas plásticas pelas biodegradáveis durante três meses. Mas, segundo o gerente, o custo ficou muito alto.

Em um sacolão, o cliente é incentivado a levar os produtos em caixas de papelão. Com essa iniciativa, cinquenta quilos de sacolas plásticas deixam de ser usados por semana. Marisa já se acostumou a levar as compras pra casa sem as sacolinhas.

Outra opção é a sacola ecológica. Ela pode ser comprada direto no caixa e usada mais de uma vez.

E se hoje é o dia do consumidor consciente, porque não mudar os hábitos a partir de agora. Foi o que fez dona Zilda. Ela diz que não quer mais usar sacolinhas de plásticos.

ago 24

Os vereadores aprovaram, em primeira discussão, o projeto de lei do vereador João Donizeti (PSDB) que obriga os supermercados a oferecerem aos clientes sacolas retornáveis ou embalagens biodegradáveis e oxibiodegradáveis para embalar os produtos, proibindo o uso de sacolas plásticas, que poluem o meio ambiente.

O projeto prevê notificação, multa de R$ 5 mil e R$ 10 mil em caso de reincidência e até cassação do alvará pelo descumprimento da determinação.

Os estabelecimentos terão 90 dias após a publicação da lei para adaptação e a arrecadação com as multas será destinada ao Fundo de Apoio ao Meio Ambiente (Fama).

Fonte – Cruzeiro do Sul de 15 de junho de 2010

Parabéns aos vereadores de Sorocaba pela responsabilidade ambiental que demonstraram ao acabar com o problema da plastificação planetária. Merece nossa admiração principalmente o vereador João Donizeti por mostrar iniciativa ao propor a lei da desplastificação da cidade.

O planeta e os humanos de hoje e do futuro agradecem.

Fonte: Funverde