Judô vai brigar por sua centésima medalha em Jogos Pan-Americanos

Competições do esporte em Guadalajara começam na quarta-feira

Daniel Hernandes, que foi ouro dos pesados no Pan de Santo Domingo 2003, contra Rafael Silva, de azul, que pode conquistar a centésima medalha do judô em Pans.

Na quarta-feira (26), o judô brasileiro abrirá suas competições em Guadalajara pensando em chegar à centésima medalha em Jogos Pan-Americanos logo na primeira rodada, que terá Luciano Corrêa (100 kg), Rafael Silva (+100 kg) e Maria Suelen Altheman (+78 kg).

Rafael Silva, que luta por último, pode conquistar a medalha histórica para o país.

Em seu primeiro Pan, é o terceiro pesado do Brasil em três edições. Em Santo Domingo 2003, Daniel Hernandes ganhou ouro e no Rio de Janeiro 2007 João Gabriel Schlittler foi bronze.

Para Rafael, a marca da centésima medalha para o judô é importante e será muito especial se conseguir conquistá-la.

- O Pan é a Olimpíada do nosso continente e um onde podemos sentir um pouco como é todo o clima que cerca um evento desse nível.

O judoca também destaca que ser disputado na reta final do Pan é positivo para o esporte.

- Eu achei ótimo. Pude manter o ritmo de treinamento e vou chegar muito bem preparado. Se tivesse de ficar alguns dias esperando na Vila para lutar com certeza ficaria ansioso.

Finais do judô vão começar às 20h

Pela programação do Pan, as disputas de medalhas do judô terão início às 20h de Brasília.

Além de Rafael Silva, Luciano Corrêa e Maria Suelen, a equipe brasileira tem Sarah Menezes (48 kg), Erika Miranda (52 kg), Rafaela Silva (57 kg), Katherine Campos (63 kg), Maria Portela (70 kg), Mayra Aguiar (78 kg), Felipe Kitadai (60 kg), Leandro Cunha (66 kg), Bruno Mendonça (73 kg), Leandro Guilheiro (81 kg) e Tiago Camilo (90 kg).

Esta será a 12ª participação do judô brasileiro em Pans. Das 97 medalhas conquistadas na história, 25 foram de ouro, 29 de prata e 43 de bronze.

A Rede Record transmite os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 tem transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres-2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015 e da Olimpíada do Rio de Janeiro-2016.

Fonte: http://rederecord.r7.com/